quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Teste Draize - utilizado para testar cosméticos

Teste de Irritação dos Olhos

É utilizado para medir a ação nociva dos ingredientes químicos encontrados em produtos de limpeza e em cosméticos.

Os produtos são aplicados diretamente nos olhos dos animais conscientes. Os coelhos são os animais mais utilizados nos testes Draize, pois são baratos e fáceis de manusear.


Seus olhos grandes facilitam a observação dos resultados.

Para prevenir a que arranquem seus próprios olhos (auto-mutilação), os animais são imobilizados em suportes, de onde somente as suas cabeças se projetam.

É comum que seus olhos sejam mantidos abertos permanentemente através de clips de metal que seguram suas pálpebras. Durante o período do teste, os animais sofrem de dor extrema, uma vez, que não são anestesiados. Embora 72 horas geralmente sejam suficientes para a obtenção de resultado, a prova pode durar até 18 dias.

Muitas vezes, usam-se os dois olhos de um mesmo coelho para diminuir custos. As reações observadas incluem processos inflamatórios das pálpebras e íris, úlceras, hemorragias ou mesmo cegueira.

No final do teste os animais são mortos para averiguar os efeitos internos das substâncias experimentadas. No entanto, os olhos de coelho são um modelo pobre para olhos humanos.

- a espessura, estrutura de tecido e bioquímica das córneas do coelho e do humano são diferentes;

- coelhos têm dutos lacrimais mínimos (quase não produzem lágrimas);

- resultados de testes são sujeitos às interpretações ambíguas;

- o que aparenta ser um dano grave para um técnico pode parecer brando para um outro.


Teste de Irritação Dermal

 Consiste em imobilizar o animal enquanto substâncias são aplicadas em peles raspadas e feridas (fita adesiva é pressionada firmemente na pele do animal e arrancada violentamente; repete-se esse processo até que surjam camadas de carne viva). Substâncias aplicadas à pele tosada do animal. Observam-se sinais de enrijecimento cutâneo, úlceras, edema etc..

O deputado Feliciano protocolou um projeto de lei que obriga os fabricantes a informarem em seus rótulos se o produto faz testes em animais.

Você tem o direito de saber se o produto que usa comete este tipo de crueldade contra animais.

Saiba mais sobre este projeto de lei, clique aqui

Fonte: PEA

4 comentários:

  1. Que horrível meu Deus! Pobrezinhos desses animais indefesos...Ô Pai tem misericórdia...aonde vamos parar com tanta violência contra esses anjos....meu coração até dói!!
    Khelen

    ResponderExcluir
  2. Absurdo...devem se utilizar a prova real...usando pacientes humanos..presos assassinos...não os queridos animais..

    ResponderExcluir
  3. É isso aí, Adriana!!!
    Os testes com aqueles animais que estão encarcerados!
    Uma vez que a indústria quer saber os efeitos em humanos... mas podem testar venenos e produtos químicos em geral, crash tests, equipamentos de proteção, exames de balística e toda a sorte de testes que a mente humana inventar.
    Os animais não têm culpa da "criatividade" humana.

    ResponderExcluir